125 vagas abertas para Jovens

Jovem Aprendiz Banco do Brasil 2020 – Sair por aí entregando currículos em busca de uma vaga de estágio ou primeiro emprego já foi rotina para muitos brasileiros, essa dificuldade é rotina na vida daqueles que necessitam de uma vaga, mas não possuem experiência suficiente para conquista-la.

É por essas e outras razões o Programa Jovem Aprendiz Banco do Brasil está presente em diversas instituições em todo território brasileiro oferecendo vagas de trabalho para jovens e adolescentes que não possuem experiência em suas áreas de atuação, confira mais informações sobre o Jovem Aprendiz BB e veja como realizar a inscrição.

Jovem Aprendiz Banco do Brasil

Atualmente cerca de 11 mil jovens e adolescentes participam do Jovem Aprendiz do Banco do Brasil em todo território nacional, a primeira iniciativa da empresa aconteceu no ano de 1971 e desde então, já tem beneficiado muitas pessoas, disponibilizando profissionais competentes para o mercado de trabalho. Os alunos são contratados através de entidades parceiras seja pública ou privada, os jovens devem cumprir algumas exigências feitas pela empresa, como estar devidamente matriculados em uma escola ou universidade.

O Programa Jovem Aprendiz oferece aos interessados um salário mínimo por mês, vale alimentação, vale transporte, décimo terceiro salário, seguro saúde e férias que coincidem com as férias escolares. Além disso, o programa disponibiliza da oportunidade de contratação, de acordo com as habilidades e trabalho demonstrados pelo jovem aprendiz.

O Banco do Brasil oferece um dos maiores contratos e usam critérios diferenciados para a contratação, o programa é uma grande opção para jovens interessados em aprender mais sobre o mundo financeiro e administrativo.

Começa hoje prazo para renovar contratos de Financiamento Estudantil

Atualmente existem muitas dúvidas de como funciona o FIES 2020. A incerteza é comum, pois é difícil manter os gastos de uma Instituição de Ensino Superior. Diante disso, muitos brasileiros optam pelo Fundo de Financiamento Estudantil, portanto, veja como funciona o FIES 2020.

No ano anterior, no primeiro semestre o FIES teve 250 mil vagas enquanto no segundo chegou a 75 mil vagas, disputadas por 294 mil candidatos.

Já para o próximo ano o FIES vai funcionar em duas edições, janeiro/fevereiro, e em junho/julho. Mas para o ano seguinte houve algumas modificações.

Desta forma, o FIES 2020 tem a função de financiar os estudos de estudantes de instituições privadas.

Aprenda no artigo abaixo, como solicitar o benefício, entender sobre as regras, vagas e como fazer as inscrições FIES 2020.

Novas Regras

Mesmo com uma alta oferta de vagas, algumas restrições podem deixar alguns alunos de fora.

  • Nesta edição o aluno não pode ter menos de 450 pontos no ENEM e muito menos zerar na redação;
  • Os alunos que prestaram a prova desde 2010 podem utilizar como seleção;
  • Os alunos com matrícula em nível superior;
  • Estar dentro dos requisitos do edital do curso;
  • Ter uma educação básica com conclusão;
  • Apresentar renda abaixo de três salários.

O aluno que não participou das etapas regulares do FIES de 2016, agora pode participar.

Como funciona o FIES

Já os juros agora são de 6,5% ao ano. E os cursos com notas 4 e 5 no MEC tem prioridade de vaga no FIES.

Existe uma prioridade por microrregiões, de acordo com baixos Índices de Desenvolvimento Humano.

Vagas Remanescentes

O Ministério da Educação abriu um Edital com vagas remanescentes. Confira o calendário para inscrições.

  • 29 de agosto a 2 de dezembro : Alunos sem curso superior, mas com inscrição em vagas remanescentes nos cursos matriculados.
  • 2 de setembro a 2 de dezembro : Com graduação, e  inscritos em vaga remanescente, no curso matriculado.

Entre aqui para fazer as inscrições no Fies Seleção.

Vagas 2020

As vagas para o FIES 2020 tem similaridade com o Prouni. Neste caso o critério funciona da seguinte forma:

O aluno escolhe o curso e utiliza sua nota do Enem para disputar a vaga financiada. Desta forma ele “ganha” o financiamento se tiver as melhores notas, porém ele pode apenas concorrer para um curso.

Inscrições e financiamento

Para as inscrições acesse o site do FIES. Nele é divulgado os editais e dados sobre abertura e novas inscrições.

Outra forma de acesso é entrar no site do Ministério da Educação e ir na opção FIES e completar o cadastro. Durante a inscrição é preciso inserir corretamente seus dados, para garantir o benefício.

  • No site o aluno deve informar CPF, endereço de e-mail entre outros dados para completar o cadastro.
  • Logo depois o aluno vai receber a confirmação da inscrição e novas orientações para completar o seu cadastro.
  • Em seguida inserir dados da Instituição de Ensino Superior, além do curso e o valor das mensalidades.
  • Depois é necessário o aluno deve validar o cadastro no SisFIES 2020.
  • Na página é preciso inserir dados sobre o financiamento neste site (clique aqui).

Depois o estudante que for pré-selecionado deve entrar no portal SisFIES, para efetivar a inscrição (prazo de cinco dias corridos).

  • Com a conclusão da inscrição SisFIES, é preciso matricular na Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Este processo é a forma de validar as informações do estudante.
  • Por fim, com a validação é o momento de ir a uma a agência do Banco do Brasil ou do Caixa Econômica Federal para efetuar o financiamento.

Dica: O não comparecimento a Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) ou ao Agente Financeiro (instituição bancária), fará com que a inscrição seja cancelada.

O acompanhamento de sua inscrição pode ser feito no site do MEC ou na instituição de ensino. Na mesma página, o aluno pode solicitar o aditamento FIES 2020, que consiste em renovar seu contrato de Financiamento Estudantil.

Desta forma, concluímos como funciona o FIES 2019, sendo assim, o aluno que tinha dúvidas agora pode solicitar o benefício com facilidade.